Paulo Colzani

Vasco e suas joias

O torcedor sofrido do Vasco, numa semana de libertadores onde o clube necessita de uma vitória com urgência acaba de receber outra péssima notícia, nossa maior joia dos últimos anos ao que tudo indica está sendo vendido para o Criciúma da Alemanha (com todo respeito ao clube do meu estado) o Bayer Leverkusen… ao mais desavisado não é o poderoso Bayern da Baviera e sim o clube da empresa farmacêutica.

O Vasco precisa de dinheiro (e quem não precisa nos dias de hoje) mas o gosto de frustração é muito grande, não conseguimos sequer tentar um acordo para que o menino vista nossa camisa pelo menos até o final dessa temporada, sentimento do vascaíno é oque será feito desse dinheiro, construção de um centro de treinamento, investimento em melhorias no clube, ou então a modernização do combalido São Januário? Não amigos, o sentimento do vascaíno é que esse dinheiro será para pagamento de dividas com empresários (litro de leite custa R$ 2,19 nos mercados da minha cidade) salários de Riascos, Rios e Galhardos da vida, sentimento que daqui a seis meses as manchetes voltem a relatar dívidas com jogadores e funcionários e a necessidade de vender novos Paulinhos, Coutinhos e outras jóias e jamais para que esses meninos ajudem o próprio Vasco.

A “maravilhosa” gestão atual do clube se mexe para trazer um pouco de confiança para o torcedor mas no ritmo que anda o vascaíno tão calejado não cai mais nas lábia de pessoas ligadas ao administrador do Vasco e o Vasco continua respirando por aparelhos mesmo entrando um pouco menos de 30 milhões de euros nos cofres do clube.

Oque nos resta? Continuar amando e sofrendo, porque vivemos, respiramos cada dia mais o Vasco e com a certeza que um dia esses “administradores” passarão e o Vasco será imortal, ao Paulinho que seja feliz, ganhe muito dinheiro e troféus e ao Vasco que consiga sobreviver sem essas vendas prematuras em um futuro que eu espero esteja logo aí na frente.

Saudações Vascaínas.

O quanto Você Gostou do Post?

One Response

  1. Thiago Geada 26/04/2018

Deixe Seu Comentário