Tiago Cruz

O suporte da Cruzada Vascaína e a expectativa do torcedor do Vasco

Chamamento do Vasco é motivo de orgulho. Quando se e chamado para trabalhar no Club do seu coração é muito gratificante. Darei o melhor de mim”

Assim se manifestou o novo VP de Relações Especializadas do Club de Regatas Vasco da Gama, Sr João Ernesto.

Desde as minhas primeiras lembranças como torcedor do Vasco, que me remetem ao ano de 1989 (alô Sorato, aquele abraço), não me recordo de um período com tantas transformações em um curtíssimo espaço de tempo em todo o Vasco, dentro de fora de campo.

Em dezesseis dias, tivemos o grupo que deu suporte para que o atual Presidente da Diretoria Administrativa assumisse o Club assim como os aliados de momento, se afastassem, resultando em um princípio de tentativa de retomar o controle sobre o Vasco, o que até aqui, parece ter sido interrompido com a simples divulgação de um Balanço Patrimonial exatamente na forma como exige a legislação, sim, pasmem mas em pleno 2018 isso até então era algo inédito na história do Club com tantos, possivelmente com mais pioneirismos na história do futebol brasileiro, até por que, no nosso Club o negro, o mulato, o operário ou o analfabeto, desde sempre, tem o mesmo valor que qualquer outra pessoa.

Vasco acima de tudo.

Voltando ao primeiro parágrafo, eu como cruzadista, mas antes de tudo um vascaíno ávido para que meu filho de 02 anos possa ter em mente o mesmo Vasco altaneiro e vitorioso que eu tive, um Vasco temido em campo e respeitado fora dele, onde a voz ecoava, servindo de referência para os demais, entende o que o Sr João Ernesto expressou, por mais conturbado que possa ser o momento, por mais difícil que possa parecer, o Vasco ainda pode contar com o seu maior patrimônio, a sua apaixonada e fervorosa torcida e como dito, um chamamento do Vasco é motivo de orgulho, orgulho que somente quem carrega a cruz de malta no peito desde que nasceu, tem no Vasco o primeiro amigo sabe o que isso provoca, isso que mantém a chama e um amor que não se explica, se sente, acessa.

A nossa “ão ão ão dupla de João”, sim vamos colaborar também na VP de Finanças e ao Horácio, fica o desejo de que realizem um ótimo trabalho, vocês estão na hora certa e no momento certo, para fazerem parte e escreverem os vossos nomes na história do Vasco e num futuro próximo, esperamos que possam dizer “Eu ajudei a reconduzir o Vasco aos mares calmos, ajudei a caravela a encontrar novos rumos”.

Contem com a Cruzada, não com uma fiscalização sorrateira, mas como os amigos de Vasco que até aqui estiveram juntos e assim seguirão como colaboradores e a disposição do Vasco, sempre que o Gigante precisar e convocar, por que aqui a turma é boa é mesmo da fuzarca.

Boa Sorte! Bom Trabalho!

O quanto Você Gostou do Post?

3 Comments

  1. Jorge Guimarães 22/05/2018
  2. Gerson Vianna 22/05/2018
  3. Cláudio Ramos 27/05/2018

Deixe Seu Comentário